Água de cidade no Colorado é contaminada com composto da maconha

Hugo_Colorado

Autoridades da pequena cidade de Hugo, no Colorado, alertaram a população para não beberem água diretamente da torneira. O motivo: uma possível contaminação dos reservatórios com tetraidrocanabinol, ou THC, principal substância psicoativa encontrada na cannabis.

De acordo com a Associated Press, nenhum caso de intoxicação foi registrado entre os cerca de 730 habitantes da cidade, que fica a cerca de 160 quilômetros da capital do estado, Denver.

O xerife Michael Yowell afirmou que o THC foi detectado em um exame conduzido em testes de campo, mas outros testes similares deram negativo. No momento, exames mais precisos estão sendo realizados para determinar a quantidade da substância na água.

Os investigadores encontraram sinais de que todos os cinco poços de Hugo foram contaminados, mas não é possível determinar se o caso foi cometido por alguém deliberadamente. O FBI e a agência de investigação do Colorado estão ajudando no caso.

A cidade de Hugo proíbe o cultivo, processamento, experimentos e comércio da maconha, apesar da legalização no estado do Colorado

Em entrevista ao “Denver Post”, Peter Perrone, dono de uma instalação de testes com maconha na área de Denver, disse duvidar da contaminação com THC, já que a substância não é solúvel em água.

Yowell afirma que os investigadores têm conhecimento disso, mas as investigações são necessárias por causa do resultados dos testes de campo. De acordo com o xerife, uma companhia que administra testes de drogas nos funcionários foi a primeira a detectar o THC na água.

O Departamento de Saúde Pública informou que o consumo de água com THC não deve provocar danos de longo prazo nas pessoas. Os efeitos devem ser similares à ingestão de alimentos com maconha, que dependem da quantidade consumida e da concentração de THC na água.

FONTE: O Globo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *